Entrevista: nova coordenação da Seccional de Santarém toma posse e fala das prioridades da gestão

13/06/2018 16:11:04 - Alexandre Jornalista

A nova gestão da Coordenação da Seccional de Santarém do CRESS/PA toma posse amanhã, 14/06, em cerimônia realizada na sede da seccional, na Rua Girassol, 932, no Bairro: Jardim Santarém.  

A chapa “Unidos somos mais fortes, propositivos (as) e atuantes”, com 57 dos 109 votos válidos, foi a vencedora da Eleição Extraordinária que aconteceu no dia 18 de maio na sede da Seccional. A chapa “ Resgate e compromisso na valorização profissional” obteve 52 votos.  

Antes da posse da nova gestão, que terá a missão de coordenar a Seccional de 2018 a 2020, a assessoria de comunicação do CRESS/PA conversou com o coletivo “Unidos somos mais fortes, propositivos (as) e atuantes” que falou um pouco sobre as principais bandeiras de luta e prioridades da nova coordenação.

CRESS/PA: Qual vai ser a prioridade dessa nova gestão?

Coordenação da Seccional de Santarém: Manter o funcionamento sistemático das rotinas administrativas da Seccional Santarém, inclusive com assessoramento dos membros da diretoria eleita em regime de plantão, afim de, dinamizar as demandas da categoria na Região do Baixo Amazonas.

CRESS/PA: Quais as principais bandeiras de luta que a nova gestão vai defender?

Coordenação da Seccional de Santarém:

1) Fiscalização e visitas institucionais;

2) Ampliar mecanismos de debate na direção da descentralização e autonomia da Seccional de Santarém nos aspectos administrativos, financeiros e políticos;

3) Formação e Qualificação profissional: a) Estudos dos instrumentais que norteiam a atuação do profissional nas áreas da saúde, assistência social, educação, serviços sócio jurídicos, previdência e outros; b) Promover curso de capacitação de estágio supervisionado; c) Incentivar a formação de Grupos de Trabalho ou Comissões Temáticas.

4) Plano de Cargos e Salários; Provocar a discursão do Plano de Cargos e Salários para os profissionais junto à administração pública municipal dos municípios do Baixo Amazonas.

5) Representatividade nos Conselhos: a) Pleitear representatividade da Seccional de Santarém do CRESS 1ª Região, junto aos Conselhos Municipais; b) Fomentar o engajamento do assistente social em movimentos sociais, representações de classe e conselhos municipais.

CRESS/PA: A chapa “Unidos(as) somos mais fortes, propositivos(as) e atuantes” já consegue fazer um balanço da situação atual dos profissionais da região e mapear qual a principal dificuldade que a nova gestão deve encontrar?

Coordenação da Seccional de Santarém: A atual conjuntura geopolítica nos apresenta cotidianamente constantes desmonte das políticas públicas, negação dos direitos civis e trabalhistas, precarização do mundo trabalho e acirando a crescente correlação de forças nos espaços sócio-ocupacionais. Esse cenário "enfraqueceu" e "desvalorizou" nos últimos anos a profissão de Serviço Social, e consequentemente suprimiu postos de trabalhos em vários municípios brasileiros, inclusive os da Região do Baixo Amazonas. Considere ainda, o expressivo quantitativo de profissionais recepcionados pela categoria anualmente, estimamos na Região do Baixo Amazonas, cerca de 500 assistentes sociais inscritos, onde a maioria não exerce a profissão. Foi exatamente neste o contexto, que se desenvolveu as eleições do conjunto CFESS/CRESS, para o triênio 2017-2020, em nossa região, somatizado com as proporções temporais atípicas, motivado por impugnações (objeto próprio do processo democrático), que nos herdou um mandato reduzido para gestar a Seccional de Santarém. Contudo, este coletivo está empenhado em efetivar as propostas de campanha, porém, de forma responsável e consistente para alcançar os objetivos, nos quais, foram planejados. Certamente nossos desafios não se limitam apenas a esses fatores. Precisamos avançar na inserção dos profissionais em diversas políticas públicas, a exemplo da educação, por meio da continuidade do projeto de Lei municipal para garantir profissionais de Serviço Social e Psicologia, nas escolas. E ainda, conscientizar, sensibilizar e articular com os empregadores nas esferas governamentais e não governamentais, a liberação dos profissionais que comporão os grupos de trabalho e na participação em eventos da categoria. Cabe destaque a necessidade urgente de elaborarmos um projeto, objetivando divulgar as instâncias organizativas da profissão, no meio acadêmico, para “fomentar” nos futuros profissionais o sentimento de “pertencimento” à categoria, pois entendemos que o engajamento político da profissão está imbricado com o "combate" ético-político, teóricometodológico e técnico-operativo, para posamos vivenciar com propriedade o lema: “Unidos(as) somos mais fortes, propositivos(as) e atuantes”.

RECEBA NOTÍCIAS DO CRESS

Cadastre seu e-mail:

Cress PA 1ª região

Tv. Mauriti, 2786 (Entre Alm. Barroso e 25 de Setembro)
Marco - Belém/PA - 66.093-180
(91) 3228-0898 / 3246-6987
cress1rpa@cress-pa.org.br
fiscalizacao@cress-pa.org.br
juridico@cress-pa.org.br
secretaria@cress-pa.org.br
tesouraria@cress-pa.org.br

Horário de Atendimento

De Segunda à Sexta-Feira, de 08h às 14h

Siga-nos

Buscar

© 2015 CRESS-PA – Conselho Regional de Serviço Social – 1ª Região – PA.